Terça-feira, 26 de Fevereiro de 2008

Sessão de Auto-Retratos

Apesar de ter não ter sido a sessão com os resultados mais estrondosos de sempre, também não foi a sessão mais fácil e com melhores condições que já fiz. Este tipo de fotografia, denominadamente o Auto-Retrato, para além de uma grande quantidade de luz natural, precisa também de alguma luz artificial para registar o mínimo de informação nas baixas luzes, sendo assim necessário algum material de estúdio, como difusores, flash externo, disparador automático e vários fundos coloridos que também dariam jeito, tudo equipamento que não possuo.
Assim, espero que nas condições que encontrei, possam comentar o que está ou não bem, e fazer alguma sugestão que vos ocorra.
  • Exposição: 1/15 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    55mm
    ISO:
    200


  • Exposição: 1/10 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    55mm
    ISO:
    200


  •  Exposição: 1/15 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    46mm
    ISO:
    200


  • Exposição: 1/15 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    55mm
    ISO:
    200

Sinto-me:
Publicado por Valter Nepomuceno às 16:07
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 17 de Fevereiro de 2008

Santa Cruz III

Data: 7 de Fevereiro de 2008
Canon EOS 350D por Valter Nepomuceno

  • Exposição: 1/50 segundos
    Abertura:
    f/16
    Distância Focal:
    24mm
    ISO:
    100


  •  Exposição: 1/320 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    55mm
    ISO:
    100


  • Exposição: 1/1000 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    45mm
    ISO:
    100


  •  Exposição: 1/800 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    39mm
    ISO:
    100

Sinto-me:
Música: Roads - Portishead
Publicado por Valter Nepomuceno às 11:37
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos

Joaninha Macro

Data: 7 de Fevereiro de 2008
Canon EOS 350D por Valter Nepomuceno

A minha primeira macro com a Canon 350D. Que daqui em diante venha daí muitas

  • Exposição: 1/400 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    55mm
    ISO:
    100

Sinto-me:
Música: Glory Box - Portishead
Publicado por Valter Nepomuceno às 11:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quinta-feira, 14 de Fevereiro de 2008

Feliz Dia dos Namorados

Data: 14 de Fevereiro de 2008
Canon EOS 350D por Valter Nepomuceno

Nunca me fez tanta confusão ver tanto casal junto, bahh!

  • Exposição: 1/100 segundos
    Abertura:
    f/5,6
    Distância Focal:
    38mm
    ISO:
    100

Sinto-me:
Música: Tira a Teima - Clã
Publicado por Valter Nepomuceno às 17:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 8 de Fevereiro de 2008

A verdade acerca das Objectivas

Para quem usa como ferramenta de fotografia uma DSLR, é muito importante estar bem informado sobre o tipo de objectivas existentes, e o que diferencia as melhores objectivas das piores, pois este tipo de equipamento é tão ou mais decisivo de sucesso na fotografia, como o corpo de um DSLR.

Existem duas grandes categorias de objectivas, as objectivas angulares, e as teleobjectivas. Dentro da primeira categoria temos as seguintes objectivas:
  • Super grande angular ou fish-eye: esta é a objectiva com o campo focal mais curto que se conhece, isto é, 7,5mm, abarcando um campo visual de 180º, sendo assim uma objectiva hemisférica. É uma objectiva muito pouco comum na fotografia, sendo apenas utilizada em casos particulares, para tirar fotografias cujo objectivo seja incluir muitos elementos na composição, aumentando exageradamente a perspectiva, sendo também útil para fotografar espaços muito pequenos e reduzidos.

    Super Grande Angular
    Fotografia por Jillbeninato

  • Grande Angular: esta objectiva, à semelhança da super grande angular, tem distâncias focais reduzidas, o que permite aumentar o campo visual da fotografia, assim como o ângulo de visão. Assim, do mesmo modo que a objectiva anteriormente explicada, tem como objectivo acentuar a perspectiva de um assunto, podendo fotógrafos mais experientes criar dinâmicas e atractivas perspectivas.

    Tendo estas objectivas distâncias focais ligeiramente superiores às das objectivas fish-eye, estas têm um ângulo de visão mais reduzido, e consequentemente o seu efeito não parece tão forçado, sendo estas grande parte das escolhas dos fotógrafos para fotografia paisagística, arquitectónica, entre outros...

    Grande angular
    Fotografia por Leandro Morais
Relativamente à segunda categoria:
  • Objectiva "Standard": esta objectiva tem distâncias focais situadas entre os 40mm e os 58mm. Na prática, para que uma objectiva seja considerada "standard", ou "normal" tem de representar os objectos da composição nas proporções aproximadas da representação do olho humano.

    Objectiva Standart
    Fotografia por Camilla E.
  • Teleobjectiva: esta objectiva tal como o nome indica, tem como objectivo ampliar a imagem, pelo que este efeito de ampliação é análogo ao efeito de ampliação de uns binóculos. Todas as objectivas com distância focal maior que 58mm (valor que pode variar, como é óbvio) podem ser consideradas teleobjectivas.

    Teleobjectiva
    Teleobjectiva
    Fotografia por Paul Linton
Relativamente à particularidade de cada objectiva, ou a que categoria esta pertence, uma objectiva é tanto melhor quanto maior for a sua abertura máxima, pois assim, para além de esta permitir velocidades de obturação mais rápidas, permite fotografar com maior qualidade em condições de pior luminosidade, e ainda criar quando for preciso muito pouca profundidade de campo devido à sua abertura máxima.
Outras funcionalidades, tal como a focagem ultrasónica, estabilizador de imagem, focagem manual permanente, focagem interna, ou inclusão de outro tipo de equipamentos como pára-sol ou filtros, entre outros também determinam a qualidade de uma objectiva.
Sinto-me:
Música: Bullet with butterfly wings - Smashing Pumpkins
Publicado por Valter Nepomuceno às 22:18
Link do post | Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 4 de Fevereiro de 2008

Santa Cruz II

Data: 30 de Janeiro de 2007
Canon EOS 350D por Valter Nepomuceno

  • Exposição: 1/250 segundos
    Abertura:
    f/4,5
    Distância Focal:
    18mm
    ISO:
    100


Sinto-me:
Música: Talk Shows on Mute - Incubus
Publicado por Valter Nepomuceno às 19:30
Link do post | Comentar | Ver comentários (6) | Adicionar aos favoritos
Domingo, 3 de Fevereiro de 2008

Santa Cruz I

Data: 8 de Abril e 2 de Maio de 2007
Olympus µ700 por Valter Nepomuceno

  • Exposição: 1/200 segundos
    Abertura: f/16
    Distância Focal: 19,5mm
    ISO: 64

  • Exposição: 1/80 segundos
    Abertura: f/9
    Distância Focal: 6,5mm
    ISO: 64


Publicado por Valter Nepomuceno às 23:28
Link do post | Comentar | Ver comentários (4) | Adicionar aos favoritos

Pesquisar neste blog

 

Sobre o Autor

Valter Nepomuceno, vive em Santa Cruz e Lisboa, está a tirar Licenciatura em Engenharia Informática e de Computadores no IST.

Desde sempre, um entusiasta da Fotografia, Música, Cinema e Artes. Tem como equipamento:

- Canon EOS 350D (corpo)
- EF-S 18-55mm f/3.5-5.6
- Tripé 1,50m

Se tens um blog no Sapo, podes adiciona-me como amigo!

Sobre o Fotolog

Criado a 30 de Janeiro de 2008, e 7 dias depois, a dia 6 de Fevereiro, recebeu o destaque de blogs no Portal Sapo.pt por parte da equipa Sapo.

Actualmente está na 1ª versão (1.0), que é uma modificação de um tema standard dos Blogs Sapo.

Estão leitor(es) online.

Inquérito

Como encontraste este Fotolog?










Ver Resultados | Free surveys

Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
31

Arquivos

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Tags

todas as tags

Posts recentes

Capela dos Ossos - Évora

Zen I

I'm ALIVE, muahahaha

Sessão de Auto-Retratos

Santa Cruz III

Joaninha Macro

Feliz Dia dos Namorados

A verdade acerca das Obje...

Santa Cruz II

Santa Cruz I

Links

Subscrever feeds